A equipa cadete do Lusófona Voleibol, vice-campeã Nacional na época anterior, tinha enormes desafios. Dezanove atletas, oito das quais vindas de outros clubes, o que criou algumas dificuldades na adaptação e união da equipa, sendo esta a principal preocupação ao longo da época.

No campeonato Regional a equipa foi dividida em A e B de forma homogénea, dando mais oportunidades a todas, conquistando o Título Regional e também o segundo lugar.

A equipa cadete do Lusófona Voleibol, vice-campeã Nacional na época anterior, tinha enormes desafios. Dezanove atletas, oito das quais vindas de outros clubes, o que criou algumas dificuldades na adaptação e união da equipa, sendo esta a principal preocupação ao longo da época.

No campeonato Regional a equipa foi dividida em A e B de forma homogénea, dando mais oportunidades a todas, conquistando o Título Regional e também o segundo lugar.

Durante a pausa lectiva da Páscoa, esta equipa deslocou-se a Itália, visando a preparação para a Fase Final do Campeonato Nacional, conquistando o primeiro lugar e regressando mais unida.

A Fase Final do Campeonato Nacional acabou por ser um misto de emoções, a equipa mostrou o seu real valor e teve um desempenho desportivo fantástico, no entanto, não foi capaz de vencer a Final, sendo novamente Vice-Campeã Nacional. Por outro lado, as derrotas trazem coisas boas e a União verificada após esse mesmo momento foi extraordinária.

Como prova da elevada qualidade da equipa, quatro atletas foram convocadas para o estágio da Seleção Nacional sub-17.

A equipa terminou esta época com o sentimento de dever cumprido.

Para a próxima época espera-se uma equipa determinada para atacar o Título Nacional e com novos e ambiciosos objectivos técnico-tácticos.

A época foi um Sucesso, sim porque o Sucesso não acontece só quando conquistamos Títulos.